COB reconhece oficialmente a CBSk como representante do skate olímpico no Brasil

Paulo Wanderley Teixeira (Presidente do COB) e Bob Burnquist (Presidente da CBSk) 

O dia 20 de dezembro de 2017 ficará marcado na história do o skate brasileiro. Foi na manhã desta quarta-feira que o Comitê Olímpico do Brasil (COB) e a Confederação Brasileira de Skate (CBSk) se reuniram pela primeira vez após a definição da CBSK como representante oficial do skate olímpico no Brasil. Participaram do encontro na sede do COB, no Rio de Janeiro, o presidente do COB Paulo Wanderley Teixeira e o presidente da CBSK, Bob Burnquist.

“Esse é um passo importante para a modalidade e para o Movimento Olímpico. Nós, COB e CBSK, vamos caminhar juntos. Estou satisfeito, inclusive, porque o Bob e eu começamos praticamente juntos. Eu como presidente do COB e ele como presidente da CBSK”, afirmou Paulo Wanderley. “O skate do país conta com grandes atletas, que terão todo o apoio do COB para a sua preparação em busca de bons resultados para o Time Brasil em Tóquio”, finalizou.

Um dos primeiros brasileiros a levantar um título mundial de skate, em 1995, Bob Burnquist, comemorou a decisão. “Estamos contentes com essa filiação e mais com o ‘skate no chão’. Temos dois anos pela frente para trabalhar as modalidades olímpicas e não olímpicas e a própria Confederação. Temos muito a fazer, mas estamos felizes. O COB foi muito parceiro e ajudou nesse trâmite todo”, afirmou Burnquist.

Tóquio 2020 marcará a primeira participação do skate em uma edição dos Jogos Olímpicos, mas a modalidade esteve como esporte de exibição nos Jogos Olímpicos da Juventude Nanquim 2014. Em Tóquio o skate será disputado nas provas de Street e de Park.

Em janeiro o COB se reunirá com a CBSK para explicar o funcionamento da entidade e a forma de distribuição dos recursos da Lei Agnelo/Piva, entre outros assuntos envolvendo a preparação para Tóquio 2020.

AGRADECIMENTOS ESPECIAIS

Agradecimentos especiais para André Barros, Alexandre Birds, Adilson Stadler, Ana Paula Negrão, Alê Estaenofi, André Viana, Alexandre Zikk Zira, Bob Burnquist, Carlos Paixão, Caique Silva, Cri Duarte, Christie Aleixo, Carla Mata, Cesar Gyrão, Cris Fernandes, Christopher Beppler, César Gordo, Douglas Dalua, Digão do Raimundos, Ed Scander, Eduardo Musa, Fernando Badui do CPM 22, Felipe Foguinho, Fred Kyrillos, Geninho Amaral, Guto Jimenez, Hericles Fagundes, Helga Simões, Henrique Banana, Italo Penarrubia, Ilzeli Confessor, Julio Detefon, Jorge Galasso, Jeorge Simas, Jorge Kuge, Kelvin Hoefler, Letícia Bufoni, Lauro Netto, Murilo Peres, Matheus Navarro, Mauro Moraes, Marcos Bollmann, Marcelo Santos, Nando Tassara, Nilo Peçanha, Osmar Lattuca, Pedro Barros, Pamela Rosa, Paulinho Davi, Paulo Puntel, Rogério Lalau, Rony Gomes, Rodrigo Maizena, Rodil Ferrugem, Roberto Maçaneiro, Sandro Dias, Sérgio Yuppie, Sandro Testinha, Tatiana Lobo, Thyago Costa, Vini Sardi e Yndiara Asp.

Aos membros dos Comitês dos profissionais de Bowl, Downhill Slide, Downhill Speed, Freestyle, Slalom, Street e Vertical, membros do Conselho Fiscal, membros do Tribunal de Justiça Desportiva, Associação Capixaba de Skate, Associação Feminina de Skate, Associação de Skate da Zona Sul, Federação Catarinense de Skate, Federação Gaúcha de Skate, Federação de Skateboard do Estado da Bahia, Federação de Skateboard do Estado do Rio de Janeiro, Federação de Skate do Paraná, Federação Paulista de Skate, Federação de Skate do Estado de Minas Gerais, Federação Piauiense de Skate, Federação Paraense, Federação de Skate do Distrito Federal e todos skatistas assinantes do abaixo assinado ou participantes da campanha #Somostodoscbsk. 

Skate pelos skatistas ontem, hoje e sempre!